Arquivo

POY Latam foi criado em 2011 por Loup Langton e Pablo Corral Vega para comemorar a excelência em filmes e fotografia documental e artística em toda a Ibero-América. Tornou-se a maior e uma das mais importantes competições da região. POY Latam não tem fins lucrativos e procura atingir o público em geral através da organização do concurso, exposições, workshops e publicações. Ao contrário da maioria dos outros concursos, o julgamento é transparente e transmitido ao vivo. Em 2020, Kim Grinfeder tornou-se co-diretor responsável pelo desenvolvimento da seção de multimídia e documentários do concurso.

2019

Quito

_______

POY Latam 2019 foi possível graças ao apoio do MUNA (Museu Nacional do Equador), Telconet, Uribe & Schwarzkopf, Paradocs, Fotógrafos Latam e fotógrafos equatorianos. Foi um marco para nós, pois pela primeira vez utilizamos uma plataforma automatizada para o envio dos trabalhos.

Ganhadores

© Felipe Dana, POY Latam 2019

2017

Barcelona

_______

POY Latam 2017 foi possível graças ao patrocínio da Diputación de Barcelona e da Casa América Catalunya. Exatamente 1.911 fotógrafos enviaram 27.376 imagens (significativamente mais do que em 2015). Dois jurados independentes selecionaram as fotografias e histórias multimídia vencedoras.

Ganhadores

© Daniel Rodrigues, POY Latam 2017

2015

San Miguel de Allende

_______

San Miguel de Allende, uma das jóias coloniais do México, sediou o julgamento do POY Latam em 2015. O concurso alcançou uma grande audiência internacional, já que dezenas de milhares de pessoas de todo o mundo acompanharam o concurso através de transmissão ao vivo. Este artigo do New York Times fala sobre o concurso e seus vencedores.

Ganhadores

© Mauricio Lima, POY Latam 2015

2013

Fortaleza

_______

Em 2013, o julgamento POY Latam teve lugar em Fortaleza, Brasil, quando 1.300 fotógrafos enviaram mais de 30.000 imagens. A lendária fotógrafa Mary Ellen Mark, que morreu meses após a conclusão do concurso, liderou um júri extraordinário composto por Cristina García Rodero, Nair Benedicto, Santiago Harker e Pascal Maitre. Este artigo na Al Jazeera, e este da Universidade do Texas, explicam o impacto do POY Latam.

Ganhadores

© Tomas Munita, POY Latam 2013

2011

Quito

_______

O primeiro POY Latam teve lugar em Quito, Equador, em 2011. Fomos elogiados pelo fato de que cerca de 700 fotógrafos de toda a América Latina inscreveram mais de 17.000 fotografias no concurso inaugural. O apoio de POY International e Nuestra Mirada – a maior rede de fotógrafos da América Latina, o interesse chave no projeto e o julgamento ao vivo para um público internacional contribuíram para seu sucesso.

Ganhadores

© Gihhan Tubbeh, POY Latam 2011